Blogs

Vice-presidente do PSDB de SP ignora Doria e declara apoio a Eduardo Leite nas prévias tucanas



Vice-presidente do diretório paulista do PSDB, Evandro Losacco decidiu apoiar Eduardo Leite na disputa contra João Doria e Arthur Virgílio na prévia nacional tucana, marcada para 21 de novembro.

Ele divulgou uma carta com oito motivos para explicar a escolha pelo governador do Rio Grande do Sul.

As qualidades de Leite listadas por Losacco são: identidade com o PSDB, social-democrata, respeito à história e às lideranças, gestão de qualidade, apoio popular, é a melhor via e é o presidente que o Brasil precisa (capacidade de diálogo para romper polarização).

Ex-deputado, Losacco é próximo de José Serra e Geraldo Alckmin, figuras históricas do tucanato paulista. O segundo decidiu deixar o partido após atritos com Doria e deve disputar o governo do estado em 2022.

Os itens listados por Losacco como favoráveis a Leite também tem embutidas críticas ao governador paulista.

Doria teve atritos com líderes tucanos (chegou a chamar Alberto Goldman de "fracasado", "improdutivo" e disse que ele vivia "de pijamas") e aqueles que não o apoiam veem nele um perfil agressivo, inadequado para romper a polarização entre Jair Bolsonaro e Lula (PT).

O presidente do diretório estadual do PSDB é Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional e um dos principais aliados de Doria.

Losacco é o terceiro vice-presidente do PSDB-SP: o primeiro é Vanderlei Macris e o segundo, Dilador Borges.


30 Segundos

Notas rápidas sobre os acontecimentos mais relevantes da política local e nacional.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.