Colunas

Carlão, O Breve, dá um tapa na cara dos políticos de Fernandópolis



O ENUNCIADO
Está circulando nas ruas de Fernandópolis um material de “pré”-campanha do deputado estadual e presidente da Alesp, Carlão Pignatari, O Breve (PSDB) elencando algumas realizações do parlamentar no munícipio. Na capa, um punhal contra a comunidade política fernandopolense: “Carlão é trabalho, luta e dedicação. Visão de futuro e capacidade de diálogo que já estão mudando Fernandópolis”.

O TAPA
Sim, um deputado estadual votuporanguense se coloca como o cara que está mudando Fernandópolis. Sem bairrismo, que é das coisas mais nojentas proporcionadas pela política regional, mas até um dia desses nem por aqui Carlão passava, e agora se coloca na figura de quem está mudando Fernandópolis? Isso é um tapa na cara de toda a classe política, com mandato ou não, da cidade.

A CARA
E o pior de tudo, de acordo com o enunciado, é a partir do diálogo que a tal mudança está ocorrendo. E como a gente sabe, se tem coisa que político de Fernandópolis não sabe fazer é dialogar. Nem parece que por definição política é a arte do diálogo. Na terra das Águas Quentes política é a arte do bloco do eu sozinho.

ÓPERA-BUFA
Resumindo a ópera. Carlão diz que está mudando Fernandópolis, e a mudança é através do diálogo. Se você quiser desenhar a falência da classe política fernandopolense é só mostrar essa capa para alguém. Carlão desenrolou, bateu e jogou de ladinho nossa classe política.

O PESO DE CADA UM
Fernandópolis não conseguiu em nenhum momento viabilizar um ex-prefeito para ser deputado. Houve um vácuo de lideranças entre a geração Ana/Vilar e André Pessuto, e agora há outro vácuo entre Pessuto e o próximo. Nem o grupo político liderado pelo atual prefeito tem facilidade em organizar um sucessor. Da falência que foi a experiência Gilmar Gimenes nós nem precisamos falar. Parece que meio Carlão está valendo mais que um Gilmar inteiro quando era deputado.

REFORÇANDO
Enquanto isso, um deputado da cidade vizinha paga de transformador, de homem do diálogo, do cara que está mudando a história de Fernandópolis. A classe política daqui vai se indignar com essa situação? Vai nada, o que mais tem é gente se dando bem com a entrada do Carlão por aqui. E vamos falar a verdade, quem assiste as sessões da Câmara de Fernandópolis sabe como anda o nível dos nossos políticos.

OUTDOOR
Nos últimos anos os deputados estaduais Analice Fernandes (PSDB), Carlão, O Breve (PSDB) e Itamar Borges (MDB) foram alvos de alguns outdoors por votações contra a população durante o Governo Doria. Vereadores de Fernandópolis também foram alvos das placas após decisões que desagradaram setores da população. Outdoor com outdoor vai dar match? Vamos descobrir nos próximos dias.

 

 


Humores e Rumores

Os bastidores, repercussões e especulações da política local você lê aqui

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.