CoronaVírus

Vereador Murilo Jacob diz ter sido barrado em escola estadual enquanto fiscalizava protocolos sanitários



O vereador Murilo Jacob (MDB), em live publicada na sua página no Facebook na manhã desta quinta-feira, 6, disse que foi proibido pela direção da escola Fernando Barbosa Lima para fiscalizar os protocolos sanitários.

“Estou aqui a mais de meia-hora esperando e eles não estão deixando eu entrar. Consegui entrar um pouquinho ali e vi alunos e professores na sala de computação tudo misturado. Eles estão escondendo a verdade que está acontecendo aqui. Não está havendo distanciamento.. eles estão tentando ajeitar as coisas erradas que estão lá dentro”, disse Jacob.

“Eu queria dar um recado para esse Candido [Cândido José dos Santos, diretor de ensino em Fernandópolis] diretor de ensino, para tomar vergonha na cara e parar puxar saco do Doria para garantir o emprego dele e começar a trabalhar de verdade. Está mentindo para a população falando que está tudo certo na escola quando não tem nada certo”, continuou.

O vereador também fez um alerta aos pais de alunos. “Eu entendo a direção aqui da escola, eles têm medo de sofrer represálias, mas eu não, eu fui eleito pelo povo. Não fui eleito para puxar saco do Doria como esse diretor de ensino”, finalizou Jacob.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre CoronaVírus