Meio Ambiente

Queimadas deixam a região 'cinza' nesta quarta-feira



A Defesa Civil de Fernandópolis, em postagem nas redes sociais, emitiu nota sobre a "cortina de fumaça" que tomou conta da região, e as suas possíveis causas.

Confira o texto

Uma névoa de fumaça densa, carregada de fuligem deixou esta quarta-feira, 22, acinzentada toda região noroeste paulista. A sensação de abafamento, visibilidade baixa e sufocante deixou moradores de toda região preocupados e assustados.

A Defesa Civil de Fernandópolis recebeu dezenas de pedidos de informações sobre o caso, que divergiu opiniões até o momento que vários relatos foram feitos no fim da tarde por membros de várias Defesas Civis da região.

Um incêndio registrado na madrugada em uma mata na cidade de Jaci pode ser um dos causadores da névoa enfumaçada. Outros registros de queimadas em canaviais e em vegetação foram confirmados em Dirce Reis, Pirajá e em Santo Antônio do Aracanguá.

Outra possibilidade, que não foi confirmada pela Defesa Civil estadual é de que com os ventos fortes vindos dos estados de Mato Grosso e Goiás a fumaça chegou ao estado paulista com a frente fria que diminuiu a temperatura, após registrar no dia anterior recorde do ano em várias regiões de São Paulo. Em Fernandópolis uma das estações da CIIAGRO marcou 40,7ºC.

No grupo de mensagens da Defesa Civil regional várias videos e fotos de incêndios e queimadas foram disparados mostrando alguns estragos causados pelo fogo.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Meio Ambiente