CoronaVírus

Prefeitura de Fernandópolis decreta fechamento do comércio a partir desta segunda-feira, 23



Na tarde deste domingo, 22, o prefeito de Fernandópolis, André Pessuto, o secretário de Saúde Ivan Veronessi e o Médico Infectologista Dr. Márcio Gaggini, participaram de uma transmissão ao vivo, vias redes sociais, esclarecendo dúvidas e orientando a população sobre as ações preventivas que estão sendo tomadas no município contra o novo coronavírus (COVID-19).

Na oportunidade, foram respondidas diversas perguntas dentre os quase dois mil comentários publicados em busca de informações sobre o assunto.Também foi divulgado o novo decreto que entra em vigor a partir desta segunda-feira, dia 23, e vai até o dia 06 de abril de 2020, estabelecendo novas medidas a serem adotadas no município, com o fechamento de todo comércio, exceto para serviços essenciais.  

SUSPENSOS

Atendimentos presenciais ao público em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços deverão manter fechados os acessos do público ao seu interior. Somente poderão ser comercializados produtos por meio de aplicativos, internet, telefone e serviços de entrega de mercadorias (DELIVERY).

Serviço de "Mototáxi" por tempo indeterminado.

Atividades festivas, esportivas, cívicas, culturais, religiosas e congêneres, sem qualquer exceção.

PERMITIDOS

Farmácias, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, centro de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência e padarias, distribuidores de gás e água mineral (vedado o consumo de qualquer produto no local), serviços funerários, bancos, lotéricas e agências de Correios; (desde que limitado o atendimento em seu interior a 01 pessoa a cada 4m²).

** FICAM AUTORIZADOS OS ESTABELECIMENTOS CITADOS A CIMA A ESTENDEREM SEUS HORÁRIOS DE ATENDIMENTO PELO PERÍODO ININTERRUPTO DE 24 HORAS. ** 

Lojas de venda de alimentação para animais.

Postos de combustível.

Imprensa.

Fretamento para transporte de funcionários de empresas e indústrias cuja atividade esteja autorizada ao funcionamento.

Serviço de coleta de lixo.

Processamento de dados ligados a serviços essenciais.

Segurança privada.

Transporte de cargas de cadeias e fornecimentos de bens e serviços.

Transporte coletivos, inclusive serviços de táxis e transporte remunerado privado individual de passageiros (aplicativos).

Produção e distribuição de alimentos de uso humano e veterinário.

Serviço postal.

Oficinas mecânicas de veículos e motocicletas.

Clínicas médicas, odontológicas e veterinárias.

 

Indústria, (vedada a comercialização de seus produtos ao público em seu interior).

Construção Civil (Lojas de Materiais de Construção – DELIVERY)

NÚMEROS
Em Fernandópolis, nenhum caso da doença foi confirmado, porém 14 suspeitos aguardam os resultados de exames, encaminhados para o Instituto Adolfo Lutz e que devem ficar prontos a qualquermomento. Entre os suspeitos, três pessoas se enquadram no grupo de risco, com mais de 60 anos de idade. 

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre CoronaVírus