Saúde

Nasf orienta sobre a importância da alimentação no controle da ansiedade



O NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) de Fernandópolis tem oferecido uma série de dicas por meio de sua página no Facebook para ajudar a sociedade a melhorar as suas condições de vida. Em parceria com alunas do curso de Nutrição da FEF (Fundação Educacional de Fernandópolis), disponibilizou um vídeo com informações sobre a importância da alimentação no controle da ansiedade.

As estudantes de Nutrição, Natalia Miranda Pasquini e Larissa Rossini Fação destacam que os dias atuais são de muita incerteza, angústia e ansiedade com relação ao futuro. Por isso, é importante manter uma boa alimentação para promover o bem-estar do organismo como um todo.

“Vamos destacar a serotonina, que é um neurotransmissor conhecido também como hormônio da felicidade, do bem-estar e do prazer. Sem este hormônio, nosso organismo fica mais propício a condições como irritabilidade, ansiedade e depressão. Por meio de nossa alimentação, conseguimos estimular o organismo a produzir serotonina e consequentemente melhorar o nosso humor. Para isso, devemos consumir alimentos ricos em triptofano, que é um aminoácido essencial precursor da serotonina no organismo”, explicou Natalia.

São alimentos ricos em triptofano: banana, salmão, ovos, nozes e cacau, por exemplo. Para que os benefícios do cacau sejam obtidos, é importante usá-lo em sua forma pura, sem adição de açúcar, e se for comer um chocolate, que seja com pelo menos 70% cacau. Espirulina, couve flor, brócolis, batata, beterraba e ervilha também estimulam a produção de serotonina.

É importante também consumir alimentos ricos em vitamina B3 e magnésio, carnes, cereais integrais como arroz e milho, linhaça, gergelim, castanhas, soja e feijão, por exemplo. Chás como o de camomila e melissa são bem-vindos e combatem a ansiedade de forma natural. É importante destacar que cerca de 90% da produção de serotonina no organismo acontece no intestino, por isso a importância de mantê-lo sempre saudável, por isso procure evitar alimentos industrializados e açúcar, eles favorecem a inflamação do organismo e a disbiose intestinal, prejudicando a produção de serotonina. 

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Saúde