Polícia

Mulher filmada fazendo sexo em show de Henrique e Juliano denuncia estupro



Géssica Gomes, jovem de 31 anos que foi filmada em cena de sexo durante um show da dupla Henrique e Juliano, denunciou que sofreu um estupro na ocasião. O vídeo contendo as imagens circulou nas redes sociais e gerou muita polêmica. A apresentação da dupla sertaneja aconteceu no dia 5 de junho, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Em entrevista, a cabelereira contou que não se lembra de nada do que aconteceu e que descobriu que havia sido abusada porque recebeu o vídeo no dia seguinte ao evento, enviado por uma pessoa no intuito de alertá-la.

“Eu lembro de estar bebendo cerveja, depois de uma luz no meu rosto e de falar ‘apaga a luz’, mas não tinha noção do que estava acontecendo, muito menos de que tinha alguém filmando. […] Minha vida não é mais a mesma depois dessa exposição toda. Eu quero expor a minha versão”, disse Géssica.

A vítima, que é casada e mãe de duas meninas, de 7 e 15 anos, contou que a família inteira foi afetada pela repercussão das imagens, que permanecem com a autoria e o responsável pela publicação desconhecidos.

A cabeleireira relata que o vídeo foi repassado com uma afirmação de que ela e o marido ganhariam uma garrafa de uísque em troca de sexo. Ela desmentiu essa versão e reafirmou que não se lembra de nada do que aconteceu, suspeitando que tenha sido dopada.

Géssica contou que estava com o marido e que ele também não tem nenhuma memória do ocorrido durante o show da dupla sertaneja. Segundo ela, o companheiro também tem sido alvo de chacota e, no momento do abuso, não teve nenhuma reação porque não entendia o que estava acontecendo.

“Eu jamais faria uma coisa dessas, nem uísque eu bebo. Meu marido também nunca deixaria isso acontecer. Quem filmou e enviou o vídeo divulgou [meus perfis nas redes sociais] e meu número”, contou.

A jovem ainda relatou que recebe críticas, mensagens de pessoas a julgando, perdeu clientes no salão de beleza e pessoas começaram a ir pessoalmente ao local de trabalho dela para fazer “piada”. Por isso, ela não está conseguindo ir trabalhar.


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais sobre Polícia