Direito

Justiça manda apreender menores que fizeram ameaças a escolas



O juiz da Vara da Infância e da Juventude de São José do Rio Preto, Evandro Pelarin, mandou as polícias civis e militares apreender hoje (26) dois estudantes de 15 e 14 anos. 

Eles teriam ameaçado repetir o massacre da Escola Raul Brasil, em Suzano (SP), em duas escolas estaduais da cidade. 

Fotos foram encontradas em um dos celulares dos jovens. Eles ficarão apreendidos por 45 dias na Fundação Casa. 

Um terceiro adolescente será processado em liberdade por apologia a fato criminoso. 

Esta é a segunda vez neste mês que alunos são apreendidos por ameaça na cidade. 

Na semana passada, um estudante de 17 anos ameaçou cometer um massacre em outra escola da cidade, no bairro Santa Cruz. 

​“Quem pensa que está anônimo na internet, mesmo em redes como WhatsApp, está enganado. A polícia está atenta e vai descobrir autores de postagens que fazem apologia ou tentam idealizar algo parecido com a tragedia de Suzano. E a Vara da Infância e Juventude não interpreta mensagens desse tipo como brincadeira. Num primeiro momento, todo adolescente que a postar vai ser chamado a responder pelo que fez, ou por apologia ou por ameaça. Num segundo momento, serão os pais. Já houve internações por tal motivo é haverá outras, além de buscas em residências que já foram feitas e outras em curso", afirmou Pelarin.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Direito