CoronaVírus

Hospital de Base de Rio Preto testa novo medicamento contra Covid



O Centro Integrado de Pesquisa (CIP) do Hospital de Base de Rio Preto começou a testar nesta quarta-feira, 23, um medicamento para pessoas que morem com alguém que tenha testado positivo para Covid-19. O estudo está na última etapa, de fase 3. Para ser voluntário, é preciso ter mais de 18 anos, não ter tomado a vacina contra o coronavírus por alguma razão, morar com alguém contaminado e não ter sintomas da doença.

“A probabilidade de uma pessoa com Covid-19 infectar outra no mesmo domicilio durante seu isolamento é em torno de 20%, e pode ser maior com a chegada da variante Delta”, explica Suzana Lobo, responsável pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HB.

Durante os estudos, os voluntários receberão a medicação molnupiravir ou placebo e serão acompanhados em casa e também no hospital pela equipe de pesquisadores do Centro de Pesquisa. “Vamos analisar a hipótese de que os contatos domiciliares que recebem a profilaxia pós-exposição terão menor chance de desenvolver a doença. Isto ajudará muitas pessoas no mundo, uma vez que este medicamento será um aliado à vacina no combate ao coronavírus”, diz a médica. A profilaxia pós-exposição é algo já utilizado no combate ao HIV, por exemplo: após uma situação de provável infecção, o indivíduo pode receber para evitar contrair o vírus.

“A previsão do término do estudo é para maio de 2022”, afirma Suzana. No mundo, serão 1.332 voluntários. Pessoas com interesse em participar do estudo devem entrar em contato com o CIP nos telefones (17) 99751-7708 e (17) 99602-8728.

 

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre CoronaVírus