Direito

Homem que matou os dois filhos vai a júri



A juíza Gláucia Véspoli dos Santos Ramos de Oliveira, da 5ª Vara Criminal de Rio Preto, marcou para o dia 2 de dezembro deste ano o julgamento do zootecnista Hugo Imaizumi, acusado de matar os dois filhos, à época com 2 e 4 anos, em 2 de setembro de 2016. Hugo será julgado pelo Tribunal do Júri, já que se trata de crime doloso contra a vida.

De acordo com o inquérito policial, Hugo primeiro teria dopado os dois filhos, depois cortado o pescoço das crianças com uma faca. Logo em seguida, o zootecnista tentou se matar, cortando as veias dos pulsos e do pescoço, mas sobreviveu. Ele teria cometido os crimes como forma de se vingar de uma suposta traição da mulher.

A polícia encontrou na casa uma carta escrita por ele endereçada à mulher. No texto, ele assume a autoria do crime, dizendo ter sido “forçado” a matar os filhos como forma de punição, porque acreditava que ela iria colocar um fim no casamento.

O réu foi denunciado pelo promotor de Justiça José Marcio Rossetto Leite pelo crimes de homicídio qualificado por motivo torpe, vingança, agravado pelo fato de ter dificultado a defesa das vítimas. Caso seja condenado, ele poderá pegar a pena máxima de até 30 anos de reclusão.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Direito