Cidades

Governo de SP pode permitir hoje abertura de comércio, mas ainda na fase vermelha



O governo de São Paulo pode anunciar nesta sexta-feira a abertura do comércio a partir da semana que vem, numa flexibilização das medidas para o controle da transmissão do coronavírus. No entanto, o Estado deve continuar na fase vermelha. Segundo o Estadão apurou, as lojas poderiam abrir em horários reduzidos. A ideia não é permitir ainda o funcionamento para público de bares e restaurantes.

A fase vermelha até então não permitia nenhuma abertura de comércio, ela só se daria na fase laranja. Secretários e o governador João Doria estão reunidos na manhã desta sexta-feira, 16, para tomar a decisão final. O anúncio será às 12h45 em coletiva de imprensa.

O argumento do governo é o de que houve melhora nos números da pandemia nas últimas semanas, com taxas de ocupação dos leitos de UTI em 85,3% na Grande São Paulo e 83,3% no Estado, que já estiveram em mais de 90%. Esses são índices disponível no site da secretaria de saúde, os mais atualizados ainda serão divulgados hoje. Nas enfermarias, a taxa de ocupação estadual é de 66,7%.

O Estado de São Paulo registra também até então 86.535 mortes e 2.704.098 casos confirmados pela covid. Há ainda cerca de mil mortes por dia, o dobro do que havia em meio de março, mas menos do que no início de abril.

O governo não apresenta hoje nenhuma mudança na área da educação, que foi liberada para voltar com 35% dos alunos por dia na semana passada. A rede estadual reabriu na quarta-feira e a maioria da particular já na segunda-feira. Alguns colégios de elite preferiram continuar fechados, mas devem informar novas medida após os anúncios do governo nesta sexta.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Cidades