Cidades

Campanha ‘Florescer na Infância’ é realizada pelo CRAS Bem Viver



Em comemoração ao Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil, celebrado em 12 de junho, o CRAS III Bem Viver realiza  a “Campanha Florescer da Infância”, que tem como principal proposta  informar sobre o tema, buscando ampliar o universo informacional sobre questões significativas relacionadas ao enfrentamento do trabalho infantil, bem como estimular a participação social, intergeracional e comunitária.

Diversas ações estão sendo realizadas durante todo mês e nesta sexta-feira, 24, acontece a passeata “Vamos deixar nossa infância florescer”, com saída às 09h, em frente a E.E. José Belúcio, que percorrerá diversas ruas orientando e conscientização a população sobre a importância dos direitos da criança e o combate ao trabalho infantil, com megafones, bexigas,  cartazes e demais atrativos.

Dentro da Campanha, a programação conta também com panfletagem em escolas, entidades, apresentação de teatro e demais ações que compõem o cronograma do Plano de Trabalho do CRAS III Bem Viver e cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, visando a eliminação da situação de trabalho infantil.

 

PARTICIPANTES

Grupos de Acompanhamento Familiar – PAIF: Retratos do Cotidiano, Vivências de Idades e Bem Viver a Idade; participantes do Grupo de SCFVI – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Pessoas Idosas: Reviver a Idade; alunos/as das seguintes escolas: Escola Estadual José Belúcio, EMEF Ivonete Amaral da Silva Rosa, Escola Estadual Afonso Cáfaro, Escola SESI e EMEF José Zantedeschi; profissionais das escolas citadas; crianças, adolescentes e profissionais da Organização da Sociedade Civil “Os Sonhadores”; equipes profissionais da ESF Pastor Marcelino Deungaro Rio Grande, ESF Dr. Waltrudes Baraldi – Planalto, UBSF Dr. Antonio Milton Zambom - CAIC, PSF Dr. Paulo Sano, ESF Dr. Adhemar Monteiro Pacheco e demais moradores do território de abrangência do CRAS III Bem Viver.

“Se o nosso objetivo é ter sujeitos de direito engajados na luta contra desigualdade, preconceitos, injustiças, entre outros, precisamos cuidar de nossas crianças e adolescentes e ensinar a importância da educação”, disse a coordenadora do CRAS III, Elizabete Socorro Martins de Souza.

“Vamos, enquanto sociedade e representantes de órgãos públicos, proporcionar espaços e vivências de alegria, autonomia, participação, expressão para nossas crianças e adolescentes, para que seus talentos e habilidades possam florescer, criar raízes e produzir bons frutos”, explanou a secretária da Assistência Social, Daiane Ramos.


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais sobre Cidades