Geral

Bandeira do Brasil de combatente morto é exibida por rivais



A bandeira do Brasil que pertencia ao combatente André Hack Bahi, o primeiro brasileiro aliado das tropas ucranianas morto em combate, apareceu nas mãos de um suposto combatente checheno, que atua ao lado da Rússia no conflito. Em um vídeo publicado no Twitter, é possível ver a assinatura de André e de outros voluntários do seu pelotão.

A bandeira que aparece com o suposto combatente checheno é a mesma exibida por André com outros combatentes brasileiros em foto que viralizou há meses.

Após falar sobre a realidade da guerra, o suposto combatente checheno mostra a bandeira. "Pegamos de uma legião estrangeira que destruímos. Todos os participantes dessa legião assinaram o nome na bandeira. Alguns foram eliminados. Outros fugiram. Ainda sobraram alguns, mas eles não estão inspirados em continuar lutando", disse, em tradução legendada para o português no próprio vídeo.

O tenente Sandro Carvalho da Silva, brasileiro que comanda o pelotão onde estava André, confirmou que a bandeira era mesmo do combatente morto. "Quando foi alvejado, ele deixou cair a mochila dele. O pessoal inclusive tinha assinado. Eu reconheço aquela bandeira", disse à reportagem.

Morto em 5 de junho, o corpo de André Hack foi cremado no último sábado (2) na Ucrânia. As cinzas serão levadas para o Ceará, onde ele morava com a esposa e a filha de apenas 2 anos.

"Isso é um desrespeito. O André morreu e deu a vida pelos colegas dele. Foi um herói de guerra."

Mozart Pinto Bahi, 78, pai de André..


RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.

Mais sobre Geral