Geral

Atiradores do Tiro de Guerra continuam com ações de solidariedade



Além das ações do serviço militar, os jovens do Tiro de Guerra de Fernandópolis participam de uma série de atividades sociais ao longo do ano. Estes atos fazem parte do calendário previsto pelo Exército Brasileiros, que destaca a importância da formação do caráter cívico e de cidadania dos jovens.

Ao longo dos 10 meses de curso, os atiradores recebem várias instruções sobre valores éticos, morais, físicos e culturais, difundidos e praticados nas Forças Armadas. Entre esses princípios estão as ações sociais.

Ao longo das últimas semanas os atiradores de Fernandópolis arrecadaram alimentos para famílias que estão em dificuldades com o período de pandemia de Coronavírus. Eles também confeccionaram e doaram máscaras de tecido para as vizinhas do Tiro de Guerra.

Agora, eles estão na segunda etapa de doação de sangue do ano. Diariamente, cerca de cinco jovens têm ido até o hemocentro da cidade, 21 deles já fizeram a segunda doação do ano.

Para doar sangue: O Hemocentro de Fernandópolis localiza-se na rua Simão dos Santos Gomes, 266, jardim Santista. Para doar sangue é preciso estar bem de saúde; apresentar documento oficial com foto (RG ou CNH); ter de 16 a 69 anos de idade (menores devem estar acompanhados dos pais); homens pesar mais de 50 kg e mulheres mais de 51 kg; caso esteja tomando medicamentos, leve os nomes.

RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.


Mais sobre Geral