Brasil

Notícias sobre a pandemia de coronavírus em tempo real


Rio Preto confirma mais quatro casos positivos de coronavírus

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou neste domingo, 29, mais quatro casos positivos do novo coronavírus (Covid-19), em Rio Preto. Com mais esses casos, sobe para 16 o número de pessoas infectadas na cidade. 

De acordo com a pasta, os pacientes são: uma mulher de 53 anos, profissional da saúde. Ela teve início dos sintomas no dia 19 de março, não se internou e permaneceu em isolamento domiciliar. Ela tem histórico de viagem a São Paulo e o caso é considerado leve. 

O outro caso também é de uma mulher de 59 anos, que teve início dos sintomas no dia 16 de março. Ela foi atendida no hospital no dia 19 deste mesmo mês, não internou e está em isolamento domiciliar. Tem histórico de viagem pelo interior de São Paulo. Caso também é leve. 

O 15º caso é um idoso, de 70 anos, com comorbidades. Ele começou a sentir os sintomas no dia 13 deste mês e está internado desde o último dia 23 na enfermaria. O caso é importado, ele esteve na Argentina.  

E o 16º caso é de um homem de 37 anos, que apresenta comorbidades. Ele teve os sintomas no dia 13 de março, foi atendido no dia 20 e não tem histórico de viagem. Ele está em isolamento domiciliar. 


Covid-19: número de mortes sobe para 136 no Brasil

O Ministério da Saúde divulgou uma nova atualização neste domingo, 29, dos dados sobre o novo coronavírus (covid-19), no Brasil. O número de mortes chegou a 136, 22 a mais do que o número anunciado pela pasta nesse sábado, 28, quando foram registrados 114 óbitos.

São Paulo concentra 98 do total de mortes, seguido por Rio de Janeiro (17), Ceará (5) e Pernambuco (5), Paraná (2), Rio Grande do Sul (2), Santa Catarina (1), Goiás (1), Distrito Federal (1), Rio Grande do Norte (1), Piauí (1) e Amazonas (1). Com 22 novas mortes, foi o maior resultado registrado desde o início juntamente com o de ontem, que teve o mesmo número.

Em relação ao perfil das pessoas que morreram, 39,2% eram mulheres e homens (60,8%). Mantendo o padrão identificado ao longo da semana, 90% tinham mais de 60 anos e as doenças crônicas mais associadas foram cardiopatias, diabetes, pneumopatia e condições neurológicas.

Os casos confirmados da doença aumentaram de 3.904 para 4.256. O resultado de mais 352 pessoas infectadas marcou um crescimento de 9% em relação a ontem. O total, contudo, foi menor do que o registrado em dias anteriores, quando os novos casos ficaram entre 482 e 502.

Em entrevistas à imprensa, durante a semana, a equipe do Ministério da Saúde afirmou que era esperado um crescimento diário de até 33%. Em comparação com o início da semana, quando havia 1.891 casos o total representa uma ampliação de 225%.

Os estados com mais casos foram São Paulo (1.406), Rio de Janeiro (558), Ceará (314), Distrito Federal (260) e Minas Gerais (205). A menor incidência está em estados da Região Norte, como Amapá (4), Rondônia (6), Tocantins (9) e Amazonas (14).  

O índice de letalidade, que começou a semana abaixo de 2%, atingiu 3,2% com o balanço de hoje. Na distribuição por estados, os mais altos são São Paulo (6,8%), Pernambuco (6,8%), Rio de Janeiro (2,4%), Goiás (1,7%) e Rio Grande do Norte (1,5%). O número de hospitalizações em razão do novo coronavírus chegou a 625.   

Em todo o mundo, o painel de monitoramento da Organização Mundial da Saúde registra hoje 638. 461 mil casos e 30.105 mil óbitos, em 202 países. Os Estados Unidos são o país com mais casos confirmados (103.321), seguidos por Itália (94.472), China (82.356), Espanha (72.248) e Alemanha (52.547).


Fernandópolis registra primeiro caso de coronavírus; contraprova é feita pelo Instituto Adolfo Lutz

Fernandópolis (SP) confirmou na tarde desta quarta-feira (25) o primeiro caso de coronavírus. Esta é a terceira cidade do noroeste paulista a registrar casos positivos da doença. São José do Rio Preto (SP) tem oito casos e Mirassol, um caso.

Segundo a Secretaria de Saúde do município, a vítima é um homem, de 55 anos, que está bem, em isolamento domiciliar.

O exame desse caso, também de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foi feito por um laboratório particular e ainda falta a contraprova, que é feita pelo Instituto Adolfo Lutz.


Mortes pelo covid-19 chegam em 60 na manhã dessa quinta

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 8h25 de quinta-feira (26), 2.567 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil com 60 mortos.

No fim da noite de quarta-feira (25), foi registrada a primeira morte em Santa Catarina. Um homem de 86 anos morreu em São José, na Grande Florianópolis, segundo informe do governador Carlos Moisés (PSL) em uma rede social. A maior parte das mortes está em São Paulo, 48. No Rio de Janeiro, são oito mortos, e o Amazonas, Pernambuco e Rio Grande do Sul registraram uma morte cada.

Nesta quinta-feira, subiu para 195 o número de casos no DF. Após as 23h de quarta, os estados de Goiás e do Pará divulgaram novos casos. 


Jales decreta calamidade para o combate ao coronavírus

A Prefeitura de Jales (SP) decretou estado de calamidade pública para ajudar no combate ao coronavírus na cidade. Segundo as autoridades de saúde do município, 14 casos suspeitos de Covid-19 são investigados.

No decreto, a prefeitura suspendeu até o dia 6 de abril o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais. O comércio deverá ficar com as portas fechadas para os consumidores.

Os comércios que não estão nesta regra são os considerados essenciais, como farmácias, padarias, supermercados, lojas de conveniência, pets shop, distribuidores de gás e água mineral, posto de combustíveis, restaurantes e lanchonetes.

O transporte coletivo intermunicipal e o coletivo urbano também foram suspensos pelo mesmo período. Com isso, a rodoviária estava praticamente vazia nesta terça-feira (24).

A Prefeita de Jales (SP) decretou estado de calamidade pública para ajudar no combate ao coronavírus na cidade. Segundo as autoridades de saúde do município, 14 casos suspeitos de Covid-19 são investigados.

No decreto, a prefeitura suspendeu até o dia 6 de abril o atendimento presencial ao público em estabelecimentos comerciais. O comércio deverá ficar com as portas fechadas para os consumidores.

Os comércios que não estão nesta regra são os considerados essenciais, como farmácias, padarias, supermercados, lojas de conveniência, pets shop, distribuidores de gás e água mineral, posto de combustíveis, restaurantes e lanchonetes.

O transporte coletivo intermunicipal e o coletivo urbano também foram suspensos pelo mesmo período. Com isso, a rodoviária estava praticamente vazia nesta terça-feira (24).

 


Prefeituras da região fazem blitze para controlar os visitantes

O avanço do coronavírus pelo País tem feito com que municípios do Noroeste paulista tomem medidas drásticas para conter o avanço da doença. Prefeituras da região têm adotado desde blitze para motoristas que chegam às cidades até interdições de rodovias, parques, praças públicas e proibição de embarque e desembarque de passageiros em terminais rodoviários. O medo é de um colapso no sistema de saúde.

Em Santa Fé do Sul, desde a última segunda-feira, 23, apenas três entradas e saídas da cidade estão liberadas para o trânsito de veículos de moradores e pessoas da região que trabalham no município. Blitze com medição de temperaturas estão sendo realizadas nos três acessos. Foram colocadas placas e até tubos de concreto para impedir a passagem direta de veículos.

Em Rubinéia e Mira Estrela, as entradas também foram interditadas. As três cidades informaram que tomaram as medidas no objetivo de evitar que os turistas e até pescadores frequentem os municípios em época de quarentena. Quem chega às três cidades precisa responder um questionário, com perguntas - como de onde veio, para onde vai - e realizar a medição de temperatura.


Grupo faz leilão online em prol de hospitais

Será realizado na próxima sexta-feira, 27, um leilão virtual em prol de hospitais da região de Rio Preto. A iniciativa foi tomada por um grupo de produtores rurais da região. "Nós sabemos que a principal fragilidade do nosso sistema de saúde são os respiradores e a presença de um respirador em qualquer hospital significa o salvamento de uma vida", afirma Antônio Cabrera Mano Filho, um dos organizadores.

Serão disponibilizados itens como uma camiseta autografada pelo Rei Pelé, que vai fazer uma dedicatória exclusiva para o comprador, e uma camiseta assinada pelo craque Neymar. Artistas da música como Alexandre Pires, Léo Chaves e César Menotti colaboraram com objetos como chapéus, violão e camiseta. Também estarão disponíveis animais como bois e cavalos e não haverá lances mínimos.

A intenção é colaborar com quantos hospitais da região for possível, conforme o valor arrecadado, mas a prioridade são os de Rio Preto. Os produtores vão fazer a aquisição dos produtos e repassar às instituições. Serão comprados não apenas respiradores, mas também máscaras, luvas, kits de testes e o que mais for necessário.

"O setor pecuário já tem todo o know how, expertise em realizar leilões. Nesse momento que está todo mundo confinado, guardado nas suas casas, vamos fazer disso um instrumento para ajudar, de luta".

Ele destaca que a ideia pode ser levada a outros locais do País, já que a plataforma é digital, e diz que o grupo está colocando a tecnologia à disposição. "Mais do que participar, eu quero também convidar você a organizar um leilão beneficente em sua cidade ou região. No caso do campo, a agricultura e a pecuária são praticamente as únicas atividades produtivas que estão em todos os municípios do Brasil, onde podemos com tal rede de capilaridade atuar rapidamente na ajuda desta guerra", considera.

A ação está sendo organizada por vários produtores rurais como Eloy Gonçalves Aroeira, Ben Hur Cabrera Mano, Henrique Gonçalves de Oliveira, Durvalino Neto (Netão), Renan Maiochi, Hamilton Farinazzo, Roberto Bassan e Adriano Caruso.

Como participar

Para participar, o interessado deve acessar o site www.compregados.com.br/leilao, a partir das 14h. Para fazer doações, entrar em contato pelo (17) 99771-0794.

Doação de álcool
A Tereos anunciou nesta segunda-feira, 23, que está doando 20 mil litros de álcool líquido 70% para hospitais e postos de atendimento do SUS dos municípios onde estão as unidades industriais de açúcar, etanol e bioenergia do Grupo na região noroeste do Estado de São Paulo.

Com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na última semana a empresa começou a produzir o produto, que será disponibilizado em embalagens de mil litros para os hospitais e de 25 litros para os postos de atendimento.

Entre as instituições contempladas, estão o Hospital de Base, de Rio Preto; o Hospital do Amor, de Barretos e as Santas Casas de Barretos, Bebedouro, Cajobi, Colina, Guaíra, Guaraci, Olímpia, Pitangueiras, Rio Preto e Tanabi e as secretarias de Saúde de Guapiaçu, Rio Preto, Severínia, Tabapuã e Viradouro.

"Nós estamos comprometidos com as comunidades onde atuamos. Em um momento tão crítico como este, é motivo de orgulho podermos contribuir com nossa produção de álcool 70 a fim de apoiar o incansável trabalho dos profissionais da saúde", afirma Jacyr Costa Filho, membro do Comitê Executivo do Grupo Tereos.


Brasil tem 34 mortes e casos confirmados de coronavírus são 1.891

O número de mortes decorrentes do novo coronavírus (covid-19) ficou em 34, conforme atualização do Ministério da Saúde publicada hoje (23). Até ontem (22), o número de pessoas que vieram a óbito estava em 25. A taxa de letalidade no Brasil está em 1,8%.

Os falecimentos seguem concentrados em São Paulo e no Rio de Janeiro. Enquanto São Paulo registrou 30 pessoas que perderam a vida em decorrência da pandemia, foi no Rio de Janeiro que ocorreram as outras quatro fatalidades.

O total de casos confirmados saiu de 1.546 ontem para 1.891 hoje, um acréscimo proporcional de 22% e de 345 em números absolutos.

Como epicentro da pandemia de covid-19 no Brasil, São Paulo também lidera o número de pessoas infectadas, com 745 casos confirmados. Em seguida vêm Rio de Janeiro (233), Ceará (163), Distrito Federal (133), Minas Gerais (128) e Rio Grande do Sul (86).

Também registram casos confirmados Santa Catarina (68), Bahia (63), Paraná (56), Pernambuco (42), Amazonas (32), Espírito Santo (29), Goiás (23), Mato Grosso do Sul (21), Rio Grande do Norte (13), Acre (11), Sergipe (10), Alagoas (sete), Piauí (seis), Pará e Tocantins (cinco), Rondônia (três), Maranhão, Paraíba, Roraima e Mato Grosso (dois) e Amapá (um).

No início da semana passada, o ranking era liderado pelos estados do Sudeste e do Sul, além do Distrito Federal. O maior número de casos segue concentrado no Sudeste e no DF, mas a lista ganhou a presença do Ceará entre as primeiras colocações.


Número de casos de coronavírus no Brasil está dobrando a cada dois ou três dias

O Ministério da Saúde registrou o primeiro caso de Covid-19 no dia 26 de fevereiro. No dia 6 de março, eram 13 casos confirmados. No dia 8, 25. Três dias depois, em 11 de março, já eram 52. No dia 13, 98. No dia 15, eram 200. Três dias depois, em 18 de março, 428 casos. Na sexta-feira passada, dia 20, 904 casos confirmados. Nesta segunda, chegamos a 1.891.

O Ministério da Saúde avalia que os próximos dias serão decisivos para frear a curva de aceleração da Covid-19 no Brasil. Os técnicos avaliam diariamente os efeitos das decisões tomadas até aqui e o governo não descarta a possibilidade de anunciar novas medidas.

Uma delas é reforçar a prevenção. Depois de duas reuniões do presidente Jair Bolsonaro com governadores do Norte e Nordeste, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fez questão de destacar um gesto simples.


Empresas com permissão de funcionamento devem adotar medidas obrigatórias

Na manhã desta segunda-feira, 23, a Prefeitura de Fernandópolis publicou um decreto (nº 8.566) com novas determinações que já estão em vigor para o funcionamento de estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços no município.

A proibição de funcionamento não se aplica aos locais considerados de atendimentos essenciais, como estabelece o decreto. Portanto, para que permaneçam abertosdeverão adotar medidas essenciais, como: Intensificar as ações de limpezas;disponibilizar álcool em gel aos seus clientes e autorizar entrada de acompanhante apenas em caso de extrema necessidade.

As empresas também deverão divulgar informações acerca da COVID-19 e das medidas de prevenção e autorizar entrada de acompanhante apenas em caso de extrema necessidade.

COVID-19 e das medidas de prevenção
Quem não cumprir as medidas previstas no decreto poderá ter a permissão de alvará do seu estabelecimento suspensa. A fiscalização será feita pela Prefeitura, com apoio do policiamento local.
Todas as medidas fazem parte do plano de contingência do Coronavírus (COVID-19) no município, a fim de manter o isolamento, impedindo a aglomeração e mantendo as pessoas em suas residências.


Calçadas e estacionamentos da UPA, Santa Casa e CADIP são desinfetadas em Fernandópolis

Em tempos de prevenção e ações de combate ao novo Coronavírus (COVID-19), a Prefeitura de Fernandópolis tem buscado parcerias e desenvolvido um amplo trabalho com medidas emergenciais que visam evitar a proliferação do vírus e conscientizar a população.

Na manhã desta segunda-feira, 23, começou a ser realizada uma nova medida de proteção. De forma pioneira na região, a SABESP de Fernandópolis iniciou a desinfecção de calçadas e ruas.A Secretaria Municipal de Saúde solicitou que a primeira etapa do serviço foi realizada na Santa Casa, CADIP e UPA. Para a lavagem foram utilizados Água + Hipoclorito de Sódio, um trabalho que será feito com grande intensidade todas as semanas, até se combater a doença. 

“Deixo aqui um agradecimento especial a SABESP, por essa parceria e apoio tão significativo nesse momento. Uma ação que muito contribuirá no combate ao vírus. Com medidas aparentemente simples, mas de grande importância, vamos fazendo a diferença e mantendo nossa cidade em controle em relação ao COVID – 19.  Obrigado a todos os colaboradores e a população que está entendo a importância de todas as medidas e fazendo sua parte”, comentou o prefeito de Fernandópolis André Pessuto. 

O gerente de divisão da Sabesp André Cavalini comentou a ação. “A Sabesp esta empenhada em ajudar e vamos continuar realizando todas as ações que estiverem ao nosso alcance”, comentou Cavalini.


Brasil

Mapeamento relacionado ao avanço da pandemia nos países afetados pela doença.


Alemanha

Mapeamento relacionado ao avanço da pandemia nos países afetados pela doença.


Espanha

Mapeamento relacionado ao avanço da pandemia nos países afetados pela doença.


Estados Unidos

Mapeamento relacionado ao avanço da pandemia nos países afetados pela doença.


Itália

Mapeamento relacionado ao avanço da pandemia nos países afetados pela doença.


Polícia flagra homens embalando álcool em gel clandestinamente

A Polícia Militar descobriu neste domingo, 22, uma chácara onde se embalava álcool em gel para venda na estrada que liga Mirassol a Ruilandia. Dois homens foram levados para a delegacia de Mirassol para prestar depoimento.

Segundo informações preliminares da Polícia Militar, houve uma denuncia anônima de que indivíduos estariam embalando álcool em gel clandestinamente no local.

A polícia foi até lá e constatou a prática. O dono da chácara e um homem que trabalhava no local foram levados para a delegacia para prestar depoimento.

 


Coronavírus: Bolsonaro edita MP que permite suspensão de contrato de trabalho por 4 meses

O presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória, publicada em edição extra do Diário Oficial da União na noite de domingo (22), que permite que contratos de trabalho e salários sejam suspensos por até quatro meses durante o período de calamidade pública.

A medida é parte do conjunto de ações do governo federal para combater os efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

Como se trata de uma medida provisória, o texto passa a valer imediatamente, mas ainda precisa ser aprovado pelo Congresso Nacional no prazo de até 120 dias para não perder a validade. O governo federal defende a proposta como forma de evitar demissões em massa.

Segundo a MP, a suspensão de contratos deve ser feita de modo que, no período, se garanta a participação do trabalhador em curso ou programa de qualificação profissional não presencial oferecido pelo empregador ou alguma entidade.


Prefeitura de Fernandópolis decreta fechamento do comércio a partir desta segunda-feira, 23

Na tarde deste domingo, 22, o prefeito de Fernandópolis, André Pessuto, o secretário de Saúde Ivan Veronessi e o Médico Infectologista Dr. Márcio Gaggini, participaram de uma transmissão ao vivo, vias redes sociais, esclarecendo dúvidas e orientando a população sobre as ações preventivas que estão sendo tomadas no município contra o novo coronavírus (COVID-19).

Na oportunidade, foram respondidas diversas perguntas dentre os quase dois mil comentários publicados em busca de informações sobre o assunto.Também foi divulgado o novo decreto que entra em vigor a partir desta segunda-feira, dia 23, e vai até o dia 06 de abril de 2020, estabelecendo novas medidas a serem adotadas no município, com o fechamento de todo comércio, exceto para serviços essenciais.  

SUSPENSOS

Atendimentos presenciais ao público em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços deverão manter fechados os acessos do público ao seu interior. Somente poderão ser comercializados produtos por meio de aplicativos, internet, telefone e serviços de entrega de mercadorias (DELIVERY).

Serviço de "Mototáxi" por tempo indeterminado.

Atividades festivas, esportivas, cívicas, culturais, religiosas e congêneres, sem qualquer exceção.

PERMITIDOS

Farmácias, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, centro de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência e padarias, distribuidores de gás e água mineral (vedado o consumo de qualquer produto no local), serviços funerários, bancos, lotéricas e agências de Correios; (desde que limitado o atendimento em seu interior a 01 pessoa a cada 4m²).

** FICAM AUTORIZADOS OS ESTABELECIMENTOS CITADOS A CIMA A ESTENDEREM SEUS HORÁRIOS DE ATENDIMENTO PELO PERÍODO ININTERRUPTO DE 24 HORAS. ** 

Lojas de venda de alimentação para animais.

Postos de combustível.

Imprensa.

Fretamento para transporte de funcionários de empresas e indústrias cuja atividade esteja autorizada ao funcionamento.

Serviço de coleta de lixo.

Processamento de dados ligados a serviços essenciais.

Segurança privada.

Transporte de cargas de cadeias e fornecimentos de bens e serviços.

Transporte coletivos, inclusive serviços de táxis e transporte remunerado privado individual de passageiros (aplicativos).

Produção e distribuição de alimentos de uso humano e veterinário.

Serviço postal.

Oficinas mecânicas de veículos e motocicletas.

Clínicas médicas, odontológicas e veterinárias.

 

Indústria, (vedada a comercialização de seus produtos ao público em seu interior).

Construção Civil (Lojas de Materiais de Construção – DELIVERY)

NÚMEROS
Em Fernandópolis, nenhum caso da doença foi confirmado, porém 14 suspeitos aguardam os resultados de exames, encaminhados para o Instituto Adolfo Lutz e que devem ficar prontos a qualquermomento. Entre os suspeitos, três pessoas se enquadram no grupo de risco, com mais de 60 anos de idade. 


No Brasil, 25 pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus

Dados divulgados hoje (22) pelo Ministério da Saúde mostram que o número de mortes em decorrência da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, subiu de 18 para 25 de ontem para hoje. Já o número de pessoas que contraíram o vírus passou de 1.128 para 1546.Os números foram apresentados pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em coletiva transmitida pela TV Brasil.

Na última sexta-feira (20), o Ministério da Saúde reconheceu a transmissão comunitária do coronavírus (Covid-19) em todo o país. Segundo a pasta, com a nova atualização, todos os estado brasileiros possuem casos do novo coronavírus. A Região Sudeste concentra o maior número de casos (926), seguida da Região Nordeste (231), da Sul (179), da Centro-Oeste (161) e a Região Norte (49).

São Paulo acumula o maior número de casos (631), seguido por Rio de Janeiro (186), Distrito Federal (117), Ceará (112), Minas Gerais (83) e Rio Grande do Sul (73).

Em seguida vem Santa Catarina (57), Paraná (50), Bahia (49), Pernambuco (37), Amazonas (26), Espírito Santo (26), Goiás (21), Mato Grosso do Sul (21), Acre (11), Sergipe (10), Rio Grande do Norte (nove), Alagoas (sete), Pará (quatro), Piauí (quatro), Rondônia(três), Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Tocantins e Rondônia (dois cada). Amapá e Paraíba (um).

De acordo com o ministro, a estimativa é que metade da população seja contaminada pelo novo coronavírus e que, desse total, mais da metade não vai apresentar sintomas. Segundo Mandetta, cerca de 15% das pessoas que apresentarem os sintomas precisarão de internação hospitalar.

Teste
Durante a coletiva, o ministro falou sobre a intenção do governo de adquirir de cinco a dez milhões de testes rápidos para aumentar a velocidade de identificação de novos casos de coronavírus no país. A ideia é repetir o mesmo procedimento adotado na Coreia do Sul, onde a população pode realizar os testes em “postos volantes” localizados nas ruas.

Mandetta disse que para a medida se concretizar é necessário que o governo adquira um equipamento capaz de fazer o procedimento de testagem de maneira automática ou com pouca participação humana. A estimativa é que sejam realizados pela máquina de 30 a 50 mil exames por dia.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, falou ainda sobre os testes rápidos que o governo anunciou que vai adquirir e que serão destinados aos profissionais de saúde. Segundo Oliveira, os testes já foram aprovados pelas agências reguladoras da China e União Europeia e serão usados nos profissionais que apresentarem algum tipo de sinal ou sintoma do coronavírus. “Se o teste for positivo ele permanece em isolamento, se for negativo ele deve recompor a força de trabalho”, afirmou.

Vacina da gripe
Mandetta lembrou que amanhã (23) tem início a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Na primeira etapa, os públicos prioritários são idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde. De acordo com o ministro, este ano haverá a ampliação da vacinação para as pessoas com faixa etária entre 55 a 59 anos e para pessoas com deficiência.

O ministro lembrou ainda que este também é o período mais crítico de transmissão da dengue e pediu para quem está recolhido em casa que colabore com a eliminação do mosquito.

Verba
O ministro comentou ainda a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, que determinou a imediata destinação de R$ de 1,6 bilhão ao Ministério da Saúde para custeio de ações de combate ao novo coronavírus. O recurso, que inicialmente foi direcionado para o Ministério da Educação, vem do fundo criado pela operação Lava-jato com as multas pagas pela Petrobras nos Estados Unidos.

“Essa decisão sinaliza que o Judiciário está muito atento ao momento da Saúde pública e é muito correto que eles assim o procedam”, disse o ministro, que não deu detalhes de onde os recursos serão aplicados.

Cloroquina
O ministro comentou sobre a utilização do medicamento cloroquina no tratamento do novo coronavírus. Mandetta disse que alguns pacientes já vêm sendo tratados com essa medicação, mas ainda não é possível dizer se a cloroquina teve papel decisivo na melhora dos pacientes.


Covid-19: autônomos tentam manter negócios apesar de restrições

A pandemia de coronavírus afastou clientes de restaurantes, fechou escolas e academias e deixou em situação mais desesperadora quem é autônomo, ou seja, não tem um salário fixo, ganha pelo serviço que oferece. É a diarista, o personal trainer, o dono da floricultura, da lanchonete. 

Preocupados com essa categoria, o movimento nas redes sociais #compredopequeno, que incentiva que os consumidores busquem produtos locais para incentivar a economia e garantir renda aos microempreendedores, ganhou uma nova nuance. Quem é assalariado está sendo chamado nas redes sociais a ajudar os pequenos produtores a ter pelo menos parte da renda no fim do mês.

A fotógrafa de Brasília, Bárbara Borges, achou melhor desistir de alguns serviços para evitar aglomerações e qualquer chance de propagação do covid-19. “Eu já me preparei para ficar em casa por 3 meses e sei que vou fazer dívida. Eu prefiro esse cenário de dívidas do que comprometer a saúde da minha família e dos meus clientes.”

Ela ressaltou que se preocupa com o descaso da população em geral com a possibilidade de agravamento do quadro atual. “Fui uma das primeiras do segmento a tomar essa medida mesmo tendo grandes impactos econômicos na minha vida. Mas antes precisar diminuir meu padrão de vida do que aumentar o risco em outras pessoas como meus pais e pais de outros”, conta.

 


BNDES injeta R$55 bilhões para enfrentar emergência do coronavírus

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai injetar R$ 55 bilhões na economia brasileira, para contribuir com a contenção da pandemia do novo coronavírus. As medidas socioeconômicas de execução imediata foram aprovadas em caráter emergencial e anunciadas hoje (22) pelo presidente do banco, Gustavo Montezano, em transmissão ao vivo pelo Youtube para jornalistas.

Serão quatro medidas com duração de seis meses: R$ 20 bilhões virão da transferência de recursos do Fundo PIS-PASEP para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a ser gerido pelo Ministério da Economia; R$ 19 bilhões da suspensão temporária de pagamentos de parcelas de financiamentos diretos para empresas, tanto o principal quanto os juros, chamada de standstill; R$ 11 bilhões em standstill de financiamentos indiretos para empresas; e R$ 5 bilhões com a ampliação do crédito para micro, pequenas e médias empresas por meio dos bancos parceiros.

Montezano explicou que as medidas apoiam o trabalhador de forma direta, com a possibilidade de novos saques do FGTS, e indireta, ao ajudar na manutenção da capacidade financeira de 150 mil empresas, que empregam mais de 2 milhões de pessoas. O presidente do banco destacou que o valor das medidas é quase igual ao total desembolsado no ano passado pelo BNDES, de R$ 60 bilhões.

 


Pastora é levada para delegacia após ser flagrada fazendo culto com mais de 100 pessoas

Uma pastora de 44 anos foi levada para a delegacia após ser flagrada descumprindo um decreto da Prefeitura de Rio Preto que proíbe eventos na cidade com mais de 100 pessoas por conta do avanço dos casos de coronavírus no Brasil. O caso aconteceu na noite desta sexta-feira, dia 20, em uma igreja evangélica do bairro Vila Nossa Senhora Aparecida, em Rio Preto.

Segundo informações do boletim de ocorrência, uma fiscal da vigilância sanitária de Rio Preto acionou à polícia devido a um culto na cidade com mais de 100 pessoas. Quando os policiais chegaram ao local, identificaram a pastora. Ela foi orientada que estava desrespeitando um decreto municipal de combate ao coronavírus e foi levada para o plantão policial de Rio Preto.

Atualmente, quem descumprir o decreto em Rio Preto pode ser multado em aproximadamente R$ 6 mil. Não foi informado se a pastora foi ou não autuada após descumprir a medida na noite desta sexta-feira, dia 20, em Rio Preto.


Doria restringe comércio e decreta quarentena em SP a partir de terça

A partir da próxima terça-feira (24), todos os 645 municípios do estado de São Paulo entrarão em quarentena, anunciou há pouco o governador João Doria. As medidas valem por 15 dias, até 7 de abril, podendo ser renovadas caso necessário. O decreto foi assinado após seis novas mortes no estado.

Apenas sete tipos de serviços essenciais continuarão a funcionar nesse período: saúde pública e privada, abastecimento, transportes públicos, alimentação, segurança, limpeza e bancos e lotéricas. O governador esclareceu que as indústrias também continuarão a funcionar, com cuidados especiais para os funcionários, para evitar desabastecimento.

Todos os demais tipos de comércio e de serviços ficarão fechados nesse período. “Estamos numa guerra de vida ou morte. Queremos seguir uma trajetória de vida, protegendo a vida das pessoas”, justificou o governador.

Na área de saúde, poderão funcionar em caráter de excepcionalidade hospitais, clínicas, farmácias e clínicas odontológicas. Na área de alimentação, só estarão abertos supermercados, hipermercados, padarias e açougues. Bares, restaurantes e cafés ficarão fechados, funcionando apenas para entrega (delivery). As padarias funcionarão apenas para venda e não poderão servir alimentos preparados em mesas.

 


Duas mortes da região são investigadas por COVID-19

Duas mortes por suspeita de coronavírus estão sendo investigadas no noroeste paulista: em Catanduva e Santa Fé do Sul. As causas das mortes não foram confirmadas ainda, mas entre as possibilidades está a Covid-19.

Os casos aguardam resultado de exames do Instituto Adolfo Lutz para confirmação ou não de coronavírus.

A Prefeitura de Catanduva disse que está investigando a morte de uma mulher de 64 anos que deu entrada no Hospital Emílio Carlos, na terça-feira (17) e que estava entre os suspeitos de coronoavírus na cidade. Ela morreu nesta sexta-feira.

Em Santa Fé, a prefeitura disse que uma paciente de 74 anos deu entrada na UPA com pneumonia evoluindo para insuficiência respiratória grave. Ela foi transferida para a Santa Casa, mas morreu. Ela tinha comorbidades.


São José do Rio Preto tem quarto caso positivo de coronavírus

A Prefeitura de São José do Rio Preto (SP) anunciou na tarde deste sábado (21) o quarto caso positivo de coronavírus na cidade. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde.

De acordo com a secretaria, a paciente é uma mulher de 42 anos, com histórico de viagem para São Paulo. Ela apresentou início dos sintomas na segunda-feira (16) com dor de garganta, tosse e febre.

A Secretaria de Saúde confirmou que foi o Hospital de Base que realizou o exame, que testou positivo. O HB é referência na região noroeste paulista para testar e tratar pacientes com suspeita de coronavírus.

A Secretaria de Saúde informou que ela está em isolamento domiciliar juntamente com os familiares próximos.

Até o momento, Rio Preto tem 72 notificações de coronavírus, sendo quatro positivos e 50 em investigação.

 


Estado de emergência em Penápolis

A Prefeitura de Penápolis (SP) decretou estado de emergência por causa do coronavírus. A principal medida é que com o decreto o município fica autorizado a comprar bens e contratar serviços de saúde que forem necessários para o trabalho emergencial sem precisar de licitação. A cidade tem até o momento nove casos suspeitos da doença.


Fiscalização em Rio Preto

No primeiro dia de fiscalização em bares e restaurantes em São José do Rio Preto (SP), nenhum estabelecimento foi multado. Os fiscais fizeram as recomendações aos proprietários para que cumpram as determinações do decreto 18.554. Em Rio Preto, está proibido festas e aglomerações com mais de 100 pessoas.


Região de Araçatuba

Araçatuba (SP) tem, até esta sexta-feira (20), 44 casos suspeitos de coronavírus. Os exames aguardam resultados para serem comprovados ou não. A região de Araçatuba também tem casos suspeitos, como Birigui (7 casos), Penápolis (9), Valparaíso (5) e Guararapes e Buritama, com um caso suspeito cada.


Shoppings fechados em Araçatuba

A partir desta sexta-feira (20), os shoppings de Araçatuba (SP) ficarão fechados como medida de prevenção ao contágio do Coronavírus (Covid-19).

O Shopping Praça Nova não estabeleceu um período para o fechamento. Já o Araçatuba Shopping divulgou que a medida será tomada até o dia cinco de abril.

Inicialmente, os shoppings tinham reduzido os horários, porém muitas pessoas já estavam aderindo à quarentena, que diminuiu o fluxo de pessoas que frequentavam as lojas e serviços oferecidos pelos locais.


Covid-19: Mandetta prevê queda da contaminação só em setembro

Na videoconferência de Jair Bolsonaro com empresários, o ministro Luiz Henrique Mandetta disse que a curva de contágio do novo coronavírus no Brasil só deve baixar em setembro.

“O vírus tem um padrão de transmissão muito competente. E que cada pessoa, quando em movimento normal, o vírus faz um espiral, uma curva de 90 graus e sobe. Nós ainda não estamos nela. São Paulo está fazendo o início do seu redemoinho”, disse.


Argentina decreta quarentena total a partir da meia-noite

O presidente argentino, Alberto Fernández, decretou quarentena total no país a partir da meia-noite de hoje e pelo menos até 31 de março, informam as agências de notícias.

Só será permitido o trânsito de pessoas que estejam indo a médicos e hospitais ou comprovem ter saído para comprar alimentos e remédios ou buscar dinheiro em caixas automáticos.

Todo o comércio que não esteja ligado à venda de alimentos e remédios será fechado, incluindo bares e restaurantes, e os bancos também fecharão.

A quarentena será vigiada por militares e policiais. Quaisquer movimentações que não se enquadrem nos casos a cima poderão ser punidas com penas de um a quinze anos de prisão.


Novo decreto de Witzel aumenta restrições para isolar capital do RJ

Entre as medidas está suspensão de voos nacionais e internacionais a partir de sábado (21) na tentativa de frear aumento de casos do novo coronavírus

Um novo decreto do governador do Rio Wilson Witzel nesta quinta-feira (19) aumentou as restrições da população para se deslocar dentro do Rio de Janeiro e também parar entrar e sair do Estado. As determinações começam a valer a partir de sábado (21) com objetivo de frear o crescimento de casos do novo coronavírus no Rio, onde há 66 pacientes com a Covid-19 e duas mortes confirmadas em decorrência da doença.


Número de mortes por Covid-19 na Itália chega a 3.405 e supera China

O número de mortos pelo surto de coronavírus na Itália aumentou nas últimas 24 horas em 427, para 3.405, ultrapassando o total de mortes até agora registradas na China, disseram autoridades nesta quinta-feira.

Os números desta quinta-feira na Itália representam uma ligeira melhora em relação ao dia anterior, quando a Itália registrou 475 mortes.

Cerca de 3.245 pessoas morreram na China desde que o vírus surgiu no final do ano passado. O início do surto da Itália foi noticiado em 21 de fevereiro.

O número total de casos na Itália subiu para 41.035 em relação aos 35.713 anteriores, um aumento de 14,9% -- uma taxa de crescimento mais rápida do que a observada nos últimos três dias, informou a Agência de Proteção Civil.

Dos infectados originalmente, 4.440 haviam se recuperado totalmente, ante 4.025 no dia anterior. Havia 2.498 pessoas em terapia intensiva contra 2.257 anteriormente.


Governo coordena repatriação de brasileiros no Peru

O Ministério das Relações Exteriores informou hoje (19) que turistas brasileiros que estão retidos no Peru serão repatriados amanhã (20). No último dia 15, em meio ao aumento do número de casos da Covid-19 no país, o governo peruano decretou quarentena obrigatória para a população e o fechamento das fronteiras por 15 dias.

Após tratativas com o governo do país vizinho e com as companhias aéreas, o Itamaraty, o Ministério do Turismo e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) conseguiram viabilizar voos especiais a Lima. A operação é coordenada pela Embaixada do Brasil na capital peruana, em conjunto com a Latam e a Gol.

Para esta sexta-feira (20) estão previstos dois voos saindo de Lima com destino ao Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, sendo um da Gol e outro da Latam. Os passageiros serão contatados por suas respectivas companhias aéreas para detalhar os procedimentos.

“Informações sobre voos adicionais serão compartilhadas tão logo disponíveis”, informou a embaixada.

O Peru registra 86 casos da doença, segundo último boletim da Organização Mundial da Saúde, divulgado ontem (18).

O Itamaraty informou ainda que acompanha com atenção a situação de viajantes brasileiros em outros países, como Marrocos e Vietnã, e, por meio das embaixadas, estão sendo feitas gestões junto às autoridades locais para o pronto regresso desses cidadãos.


Diocese de Jales suspende celebrações com público - Decreto Emergencial Covid-19

Seguindo as orientações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, tendo ouvido o Clero e refletido com o Conselho Diocesano de Emergência, sobre as medidas públicas preventivas para se evitar a disseminação do “Corona Virus”, e em conformidade com normas canônicas e civis, determino que na Diocese de Jales.

https://www.regiaosp.com.br/noticia/diocese-de-jales-suspende-celebracoes-com-publico-decreto-emergencial-covid-19


"O delivery será um instrumento muito importante e significativo daqui pra frente"

"O delivery será um instrumento muito importante e significativo daqui pra frente", afirma João Doria, sobre alguns dos pontos debatidos entre os 50 membros de um comitê criado entre o governo e o setor privado.

"Eu fiz um apelo aos empresários de São Paulo para que não dispensem funcionários e implantem sistema alternativo de férias ou de home office", continuou o governador, citando a Volkswagen como exemplo de empresa a ter acatado tal recomendação. 

Dória e Bruno Covas afirmam que servidores municipais e estaduais das áreas de segurança pública e saúde não foram orientados a interromper o trabalho, em qualquer faixa etária. "O serviço que eles prestam nesse momento é essencial", afirmou o prefeit


SP antecipa férias de professores e recomenda suspensão de cultos religiosos

Em coletiva nesta quinta-feira no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que dará férias coletivas aos professores da rede estadual em razão da pandemia do coronavírus. São cerca de 150 mil profissionais, além de 15 mil do Centro Paulo Souza, afetados pela medida.

O governador também recomendou a suspensão, a partir de segunda (23) de missas e cultos da capital e região metropolitana de São Paulo que provoquem aglomerações

Doria também disse que conseguiu fechar acordo com a Associação Paulista de Supermercados para que, a partir de 23 de março, álcool gel possa ser vendido com margem zero de lucro nos estabelecimentos da entidade. Ele tentará fazer o mesmo com farmácias.


Em reunião, Conselho de Pastores decide suspender a realização de cultos religiosos no município

O conselho de pastores de Fernandópolis, no dia de ontem [quarta-feira, 18] às 16h, se reuniu com os pastores, para tomar medidas de precauções adotadas para evitar a proliferação do contágio da pandemia do Covid-19. O conselho de pastores acredita que as suspensão dos cultos públicos é o caminho da prudência. 


Rio confirma segunda morte por coronavírus no Estado

O governo do Rio confirmou no início da tarde desta quinta-feira, 19, a segunda morte pelo novo coronavírus no Estado. Trata-se de um idoso de 69 anos que morava em Niterói, na região metropolitana. Além de idoso, ele era diabético e hipertenso, características que o colocavam no grupo de risco da COVID-19.


Vídeo: “A gente precisa abastecer este país”, diz líder dos caminhoneiros

O presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim, conhecido como Chorão, gravou um vídeo pedindo aos caminhoneiros que não parem de trabalhar em razão do avanço do novo coronavírus.

https://www.regiaosp.com.br/noticia/video-a-gente-precisa-abastecer-este-pais-diz-lider-dos-caminhoneiros


Fernandópolis divulga sete casos suspeitos de COVID-19

A Secretaria Municipal de Saúde de Fernandópolis informou que a cidade tem sete casos suspeitos de coronavírus. Do total, são três homens e quatro mulheres, que estão em isolamento sendo acompanhadas pelo CADIP.

Os exames foram coletados e encaminhados para o Instituto Adolfo Lutz e devem ficar prontos nos próximos dias. Entre as suspeitas, duas pessoas estão no grupo de risco, com mais de 60 anos de idade. Não há nenhuma confirmação da doença registrada em Fernandópolis.

"Como meio de prevenção, a Prefeitura elaborou um plano de trabalho e medidas temporárias e emergências que já estão em vigor no município, alterando horários de atendimento em diversas repartições, cancelando funcionamento de atividades e orientando a população sobre os cuidados necessários para se evitar a contaminação do COVID-19", diz em nota. 


Governo de SP faz acordo com supermercados para oferecer álcool em gel a preço de custo

O governador João Doria anunciou nesta quinta-feira, 19, um acordo com supermercados para oferta de álcool em gel a preço de custo em todas as regiões do estado. O produto é um dos principais itens recomendados por autoridades de saúde para prevenção e combate ao coronavírus.



RECEBA NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP!
Receba gratuitamente uma seleção com as principais notícias do dia.